Grã-Bretanha/Imigração

Grã-Bretanha quer diminuir vistos para estudantes

Damian Green, ministro da imigração da Grã-Bretanha.
Damian Green, ministro da imigração da Grã-Bretanha. Flickr

Em entrevista aos jornais The Times e The Thelegraph desta segunda-feira, o ministro britânico da Imigração, Damian Green, afirmou que o atual sistema de imigração da Grã-Bretanha não é eficaz e está fora de controle. 

Publicidade

O governo britânico está preocupado principalmente com o grande aumento do número de estudantes vindos de outros países. A quantidade de vistos para estes estrangeiros passou de 186 mil em 2004 para 360 mil neste ano. O ministro declarou que esta é uma situação insustentável. "A minha preocupação é saber se estamos recebendo realmente os alunos mais brilhantes", disse Damian Green.

Nem todos os estudantes que pedem visto vão para universidades. Um estudo publicado nesta segunda-feira mostra que, no ano passado, mais de 90 mil estudantes que ingressaram no Reino Unido não se inscreveram em redes de ensino superior. O ministro lembrou ainda que os vistos não autorizam os estudantes a se instalarem definitivamente na Grã-Bretanha. Apesar disso, 25% dos estudantes que começaram seus estudos em 2004, até hoje não voltaram para seus países de origem. Isso signfica que um em cada cinco alunos consegue ficar na Grã-Bretanha porque obteve um trabalho ou por questões familiares.

A situação dos estudantes estrangeiros será discutida na noite de hoje, quando o ministro Damian Green apresentará o novo plano para a política de migração britânica.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.