Economia/Irlanda

Moody's pode rebaixar nota da Irlanda

O plano de socorro do governo irlandês ao Anglo Irish Bank fez o déficit do país registrar um rombo recorde de 32% do PIB.
O plano de socorro do governo irlandês ao Anglo Irish Bank fez o déficit do país registrar um rombo recorde de 32% do PIB. Reuters/Cathal McNaughton

A agência de classificação de riscos Moody's anunciou, nesta terça-feira, que poderá rebaixar a nota da Irlanda como país para investimentos. Em comunicado, a agência justifica que a decisão poderá ser tomada devido às incertezas sobre a conjuntura econômica mundial e o déficit do orçamento da Irlanda, que aumentou muito após o governo ter lançado um plano de recapitalização dos bancos.

Publicidade

"A nota da Irlanda, atualmente de Aa2, a terceira da escala de classificação de grau de investimento, provavelmente será rebaixada em um nível, mas não está excluída a hipótese de uma queda maior", afirmou a agência.

O período para confirmar essa decisão é de três meses. Caso fique confirmado rebaixamento de um nível, a nota da Moody's vai se alinhar às notas de outras duas agências de classificação de risco, a Standard and Poor's e a Fitch, que colocam a Irlanda na categoria AA - .

Nesta segunda-feira, o banco central da Irlanda reviu para baixo a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país, que deverá ser de apenas 0,2 % em 2010. O recente plano do governo de injetar até 34 bilhões de euros para salvar bancos da falência vai provocar um déficit orçamentário recorde este ano, equivalente a 32% do PIB.

O ministro irlandês das Finanças, Brian Leniham, se comprometeu a entregar em novembro um plano detalhado para fazer o déficit do país não ultrapassar, em 2011, os 3% do PIB como prevê o Pacto Europeu de Estabilidade.

 
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.