O Mundo Agora

Guerra cambial é uma cortina de fumaça

Áudio 04:49
Cédulas da moeda chinesa, Yuan.
Cédulas da moeda chinesa, Yuan. Reuters

“Desde que o ministro da Fazenda brasileiro, Guido Mantega, denunciou a “guerra do câmbio”, todos os dirigentes monetários do planeta só falam nisso. Como se alguém tivesse gritado “o Rei está nu”. É verdade que nos Estados Unidos, numa conjuntura de crescimento fraco que não produz emprego, a política de estímulos da Federal Reserve, comprando títulos do Tesouro, está provocando uma desvalorização do dólar. A China, apesar das promessas, faz tudo para manter o remimbi atrelado ao dólar, vendendo moeda chinesa adoidado para comprar moeda americana. Enquanto isso, as moedas do resto do mundo vêm sofrendo dessa gangorra infernal.”Ouça a crônica de política internacional de Alfredo Valladão.