Rússia/Atentado

Rebeldes islâmicos atacam parlamento da Chechênia

O parlamento checheno em Grozny foi atacado nesta terça-feira por um grupo de rebeldes armados.
O parlamento checheno em Grozny foi atacado nesta terça-feira por um grupo de rebeldes armados. Reuters

O parlamento checheno em Grozny foi atacado na manhã desta terça-feira por um grupo de rebeldes armados. Dois homens-bomba acionaram seus explosivos, matando quatro pessoas. O atentado deixou 17 feridos. 

Publicidade

Mais uma vez, a Rússia enfrenta dificuldades para controlar a rebelião islâmica na república da Chechênia. Homens armados, munidos de cinturões de explosivos, invadiram na manhã desta terça-feira o parlamento checheno, matando quatro pessoas - três seguranças e um funcionário da casa. Durante a invasão, eles gritaram "Deus é maior". Dois rebeldes morreram ao acionar seus explosivos. Outros dois foram abatidos por policiais. Nenhum deputado ficou ferido no ataque.

A insurreição islâmica na região, apontada como responsável pelo atentado, já havia realizado no final de agosto um ataque espetacular contra o vilarejo natal do atual presidente checheno e reivindicou o duplo atentado suicida do mês de março no metrô de Moscou, que fez 40 mortos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.