Espanha/ crise

"Indignados" fecham acesso a Parlamento da Catalunha

O primeiro-ministro espanhol, José Luis Zapatero, e o ministro do Interior, Alfredo Perez Rubalcaba, no Parlamento.
O primeiro-ministro espanhol, José Luis Zapatero, e o ministro do Interior, Alfredo Perez Rubalcaba, no Parlamento. Reuters

Cerca de 2 mil militantes do movimento dos “indignados” espanhois tentaram bloquear nesta quarta-feira o acesso de deputados ao Parlamento da Catalunha, onde eles debatem um corte de 10% nos gastos públicos da região ainda este ano. Nem a região mais rica da Espanha escapa à crise e está revendo sua participação em programas sociais e de saúde.

Publicidade

A polícia teve de intervir para viabilizar o acesso dos deputados, que se reúnem hoje para adotar um plano de austeridade. No tumulto, 23 pessoas ficaram feridas. Os manifestantes passaram a noite acampados em frente ao parque da Ciudadela, onde fica o Parlamento. Um forte esquema policial foi enviado ao local para impedir que os indignados dormissem o parque. O parque foi fechado ao público e os policiais criaram um corredor pelas alamedas do jardim para garantir o acesso dos parlamentares ao plenário.

Os primeiros parlamentares foram recebidos aos gritos de “vocês não nos representam” e vaias. Os deputados regionais vão discutir o orçamento da Catalunha para 2011 e preveem uma redução de 10% dos gastos públicos, incluindo prestações sociais e da saúde.

O movimento dos indignados, que surgiu em maio no país como porta-voz de milhares de espanhois desesperados pela grave crise econômica no país, ultrapassou as fronteiras e hoje está presente em vários países da Europa. O desemprego na Espanha chega a 21,29% da população ativa

Em Madri, os manifestantes desmantelaram o acampamento que haviam montado havia quatro semanas na Puerta del Sol. Um gigantesco protesto contra a crise está previsto para invadir as ruas da capital espanhola no próximo domingo.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.