CRISE/GRã-Bretanha

Governo britânico anuncia reforma do setor bancário

O ministro britânico das Finanças, George Osborne.
O ministro britânico das Finanças, George Osborne. Reuters

Em um discurso anual para executivos da City de Londres, o centro financeiro da Grã-Bretanha, o ministro das finanças George Osborne anunciou amplas reformas no setor bancário para resolver o que chamou de “dilema britânico”, ou seja, como fazer com que Londres continue sendo o maior centro financeiro da Europa sem que isso ponha em risco a economia do país. Osborne também anunciou que o governo vai vender o banco Northern Rock, estatizado após ir à falência em fevereiro de 2008.

Publicidade

De nossa correspondente em Londres, Fernanda Nidecker

O governo britânico espera passar o Northern Rock para as mãos de apenas um comprador do setor privado e arrecadar um bilhão de libras com a operação. O resgate da instituição com o dinheiro do contribuinte marcou o início da crise financeira e, para Osborne, sua venda representa um sinal de confiança para os mercados.

O ministro britânico das Finanças afirmou que a solução é separar as atividades dos bancos, colocando de um lado as operações de varejo, como contas e poupanças de correntistas, e, de outro, as de investimentos, muito mais arriscadas. Osborne disse ainda que os bancos terão de guardar mais dinheiro como prevenção contra possíveis crises no futuro.

Atualmente, a norma internacional manda que as instituições reservem 7% de seus ativos para essas situações, mas para especialistas, esse total deve ser de 10% na Grã-Bretanha. A reforma do setor bancário foi sugerida pela Comissão Independente de Bancos e, segundo analistas, representa a maior reorganização no setor em 25 anos.

Os anúncios esperam injetar um pouco de ânimo no setor financeiro num momento em que a economia britânica ainda caminha a passos lentos e a inflação cresce. No início do mês o FMI revisou para baixo sua previsão de crescimento da Grã-Bretanha este ano de 2% para 1,5%.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.