TPI/Julgamento

Mladic se recusa a admitir culpa por massacre de Srebrenica

Ratko Mladic no Tribunal Penal Internacional de Haia.
Ratko Mladic no Tribunal Penal Internacional de Haia. REUTERS/Valerie Kuypers

Rtako Mladic, ex-chefe militar dos sérvios na Bósnia, compareceu hoje à segunda audiência do processo no Tribunal Penal Internacional de Haia, em que é acusado de genocídio e crimes contra a humanidade cometidos durante a Guerra da Bósnia (1992-95). Muito agitado, o general discutiu várias vezes com o juiz holandês Alfons Orie e acabou sendo retirado da sala por ordem do magistrado.

Publicidade

A segunda audiência de Ratko Mladic no Tribunal Penal Internacional de Haia foi tumultuada. Várias vezes o general sérvio interrompeu a fala do juiz. No momento em que o magistrado perguntou se ele assumia a responsabilidade pelos crimes do qual é acusado, Mladic se recusou a dizer se era culpado ou não. O juiz interpretou este silêncio como se ele tivesse alegado inocência. No final, irritado com o comportamento de Mladic, o juiz acabou pedindo aos seguranças que retirassem o acusado da sala.

Na primeira audiência no TPI, no início de junho, o ex-líder sérvio afirmou que as acusações contra ele eram intoleráveis. Mladic é acusado pela execução de 8 mil muçulmanos bósnios, em 1995, no massacre de Srebrenica, que ficou na história como o pior crime cometido no continente europeu depois da Segunda Guerra Mundial. Todos os mortos eram homens, incluindo jovens e idosos.

Ontem, o advogado de Mladic havia dito que seu cliente boicotaria a audiência porque a defesa "ainda não está totalmente articulada". O processo contra o ex-chefe sérvio deve começar dentro de vários meses. Antes, o tribunal executa audiências preliminares para preparar a defesa e a acusação.

Mladic foi preso no último dia 26 de maio na Sérvia, depois de passar 16 anos foragido, e transferido no dia 31 para o Tribunal, depois de a Justiça Sérvia assinar sua extradição. Esta foi uma das condições impostas pelos europeus para a entrada do país na União Europeia.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.