Acessar o conteúdo principal
Carnaval/Londres

Forte esquema de segurança marca o carnaval de Londres

Mais de 5 mil policiais vigiaram de perto os foliões do carnaval caribenho na capital britânica.
Mais de 5 mil policiais vigiaram de perto os foliões do carnaval caribenho na capital britânica. Reuters
Texto por: Silvano Mendes
2 min

A tradicional festa do Carnaval de Notting Hill, em Londres, abriu sua edição deste ano protegida por um forte esquema de segurança. Menos de um mês após a onda de violência que tomou conta da capital britânica, as autoridades locais mobilizaram milhares de policiais para proteger esse que é um dos maiores festivais de rua da Europa.

Publicidade

O carnaval de Notting Hill, que celebra desde 1964 a cultura das ex-colônias britânicas no Caribe, deve reunir mais de um milhão de pessoas nos próximos dois dias. A festa está sendo vista como a primeiro teste para as autoridades da cidade após a onda de violência do início do mês. Cerca de 5.500 policiais foram mobilizados neste domingo e 6.500 homens estarão nas ruas na segunda-feira, ponto alto da celebração.

Os atos violentos, que fizeram cinco mortos entre os dias 6 e 10 de agosto, chegaram a colocar em risco a realização do evento. Mas os organizadores do carnaval e as autoridades britânicas preferiram manter a festa. “A cancelamento teria um impacto negativo e seria uma péssima mensagem a um ano dos Jogos Olímpicos”, declarou Ancil Barclay, um dos diretores do festival.

O domingo foi dedicado às crianças, que podiam ser vistas fantasiadas, embaladas por ritmos caribenhos, nas ruas do bairro chic do oeste da capital. Nenhum incidente grave havia sido registrado até o final do dia, mas 40 pessoas foram presas durante os preparativos da festa. Os principais desfiles acontecem na segunda-feira.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.