Grécia/Alemanha

Parlamento alemão vota ampliação do Fundo de Estabilidade Financeira

A chanceler alema Angela Merkel, logo depois do voto no Parlamento.
A chanceler alema Angela Merkel, logo depois do voto no Parlamento. REUTERS/Thomas Peter
Texto por: RFI
2 min

Não houve grandes surpresas na votação desta quinta-feira no parlamento alemão, quando os deputados aprovaram as alterações no Fundo Europeu de Estabilidade Financeira, aumentando a participação alemã de 123 para 211 bilhões de euros.

Publicidade

Cristiane Vieira, em colaboração para RFI na Alemanha

O parlamento alemão aprovou nesta quinta-feira por ampla maioria o aumento da participação da Alemanha no Fundo Europeu de Estabilidade Financeira, com o objetivo de ajudar os países da zona do euro que passam por dificuldades. Dos 630 deputados do parlamento, 523 votaram a favor.

Todos os 70 parlamentares do partido de Esquerda votaram contra o Fundo Europeu de Estabilidade Financeira, alegando se tratar de um mecanismo de socorro não para os países que atravessam dificuldades financeiras na zona do euro, mas para os bancos.

Ainda assim, a coalizão do governo de Angela Merkel - formada pelas frações CDU/CSU (democrata-cristãos e social-cristãos) e mais os democratas do FDP - conseguiu a maioria. Eram necessários 311 votos para passar a lei. Tendo o apoio de 315 dos parlamentares da coalizão, a vitória poderia ter sido alcançada sem a ajuda da oposição - como Merkel havia adiantado no início da semana.

Apesar da folga, houve 15 dissidências e duas abstenções dentro da coligação governista.Com o resultado, o governo Merkel sai fortalecido e com a expectativa de que o mercado financeiro reaja de forma positiva. Em compensação, no Partido Verde, apenas o deputado Hans-Christian Ströbele absteve de votar e as mudanças foram aprovadas também pela maioria dos deputados do maior partido da oposição, o Partido Social-Democrata (SPD), onde apenas Wolfgang Gunkel se posicionou contra.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.