Acessar o conteúdo principal
Itália/Justiça

Ruby depõe nesta 2ª no julgamento de Berlusconi por prostituição

Fotomontagem com a marroquina Karima El Mahroug e Silvio Berlusconi.
Fotomontagem com a marroquina Karima El Mahroug e Silvio Berlusconi. REUTERS/Stringer (L) and Sebastien Pirlet/Files

Karima El Mahroug, conhecida como Ruby, é a principal testemunha no julgamento do ex-primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, por prostituição de menores e abuso de poder. Ela deve depor nesta segunda-feira em um tribunal de Milão.

Publicidade

Ruby deveria ter feito seu depoimento em dezembro passado, mas não compareceu à audiência. Sua advogada, Paola Boccardi, garantiu à imprensa que desta vez a dançarina marroquina vai depor na audiência marcada para esta segunda-feira, em Milão.

Silvio Berlusconi, de 76 anos, é acusado de pagar para ter tido relações sexuais com Ruby quando ela era menor de idade. O escândalo ficou conhecido como “Rubygate”. Segundo a acusação, o ex-premiê teria saído com a garota de programas pelo menos dez vezes, entre fevereiro e maio de 2010. O crime é passível de três anos de prisão.

Ruby, que tem agora 20 anos, afirma que nunca teve relações sexuais com o ex-premiê e bilionário da mídia. Berlusconi também é acusado de ter pressionado a polícia de Milão para liberar a dançarina, detida por suspeita de roubo. Ele nega todas as acusações. Berlusconi decidiu participar das eleições legislativas antecipadas na Itália em fevereiro e buscar um quinto mandato no governo italiano.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.