Acessar o conteúdo principal
Itália/Berlusconi

Em protesto, jovem nega ter tido relações sexuais com Berlusconi na Itália

Karima el Mahroug, conhecida como Ruby, durante audiência em um tribunal de Milão.
Karima el Mahroug, conhecida como Ruby, durante audiência em um tribunal de Milão. EUTERS/Alessandro Garofalo
Texto por: RFI
3 min

A jovem Karima El Mahroug, conhecida como Ruby, um dos pivôs do processo contra Silvio Berlusconi por prostituição de menores e abuso de poder, fez um protesto nesta quinta-feira (04) em frente ao tribunal de Milão. Ela disse ter sido "instrumentalizada" pela mídia e pediu uma audiência com os juízes responsáveis pelo caso.

Publicidade

A jovem defendeu Berlusconi e disse que a imprensa italiana inventou informações a seu respeito. ‘’A culpa é da imprensa, que, para atingir Silvio Berlusconi, me fez mal. Falo dos jornalistas que publicaram o conteúdo de ligações grampeadas a meu respeito. As mesmas pessoas que, manipulando a verdade, fizeram de mim o que não sou : uma prostituta", disse Ruby.  O processo contra o ex-premiê começou quando a própria garota confessou que participava de festas em sua casa, as chamadas ‘Bunga-Bunga.’

Karima, 20 anos, também culpou a Justiça pela situação. Ela negou que tenha cobrado para ter relações sexuais com Silvio Berlusconi. Segundo ela, aos 17 anos, ela "nem sabia quem eram os ministros, e nem lia os jornais." Chorando, ela pediu para ser ouvida pelos juízes responsáveis pelo caso.

Ruby foi convocada em dezembro para uma audiência no tribunal de Milão, mas não compareceu, alegando estar no México. Depois de diversos cancelamentos, ela se apresentou no dia 14 de janeiro, mas não precisou prestar um novo testemunho. Seus advogados entraram em um acordo com a Promotoria, e provaram que seu depoimento não era indispensável. A Justiça vai utilizar os elementos disponíveis no processo verbal.

Berlusconi está sendo julgado desde abril de 2011, quando foi indiciado por prostituição de menor e abuso de poder. Ele é acusado de ter pago para ter tido uma dezena de relações sexuais com Ruby, quando ela ainda tinha 17 anos, e de usar sua influência para obter sua liberação em maio de 2010, quando a jovem foi presa por furto. Em 18 anos, Berlusconi já foi alvo de 33 anos.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.