Grécia/Crise

Governo surpreende a Grécia ao fechar televisão pública do país

Telespectadores gregos protestam na frente da sede da Televisão Pública contra a decisão do governo de fechar a emissora.
Telespectadores gregos protestam na frente da sede da Televisão Pública contra a decisão do governo de fechar a emissora. REUTERS/John Kolesidis
Texto por: RFI
2 min

Os quase 2.700 funcionários do grupo audiovisual público ERT foram surpreendidos ontem, 11 de junho de 2013, com a decisão do governo de fechar, por decreto, os três canais de tevê estatais que tiveram as transmissões interrompidas durante à noite. A população, chocada, fez uma manifestação para protestar contra a decisão que dividiu a coalizão no poder.

Publicidade

A notícia e principalmente a falta de sinal nos canais públicos chocaram os gregos. Espontaneamente, eles se concentraram na noite de ontem em frente à sede da Televisão Publica Grega, ERT, em Atenas, para protestar contra a medida considerada autoritária. Às onze horas da noite, horário local, os três canais da televisão pública do país saíram do ar depois que a polícia fechou a principal antena de transmissão.

O governo, pressionado pelos credores internacionais, alega que o grupo audiovisual público é opaco e custa muito caro aos cofres públicos. Atenas garante que o serviço será reaberto com um número reduzido de funcionários. Os quase 2.700 trabalhadores serão indenizados e autorizados a se candidatar a uma vaga na nova estrutura.

O fechamento surpreendente da televisão pública dividiu a coalizão no poder. Dois dos três partidos da base que apoia o primeiro-ministro conservador, Antonis Samaras desaprovaram a medida e afirmam que vão votar contra o projeto no Parlamento.

Os trabalhadores dos três canais públicos simplesmente ignoraram a medida. Esta manhã, eles continuavam a produzir normalmente todos os programas que estão sendo difundidos pela internet ou pelo canal local do Partido Comunista grego.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.