Reino Unido/caso Maddie

Scotland Yard decide reabrir inquérito do caso Maddie

A garota Madeleine McCann, em imagem produzida por computador que imagina como seria sua aparência hoje em dia, às vésperas de completar nove anos.
A garota Madeleine McCann, em imagem produzida por computador que imagina como seria sua aparência hoje em dia, às vésperas de completar nove anos. REUTERS/Metropolitan Police/Handout

A Scotland Yard decidiu reabrir o inquérito sobre o desparecimento da menina Madeleine McCann, raptada em Portugal em 2007, quando tinha apenas três anos. A polícia britânica afirma ter novas pistas, acredita que a menina pode estar viva e deverá interrogar pelo menos 38 pessoas.

Publicidade

Trata-se de uma nova esperança para os pais de Maddie, que se sentiram "aliviados" segundo seu porta-voz. "É um grande passo para descobrirmos o que aconteceu", declarou. O chefe de investigação da Scotland Yard, Andy Redwood, acredita que a menina pode estar viva, e trabalha com "novas teorias e novas provas", resultado de dois anos de análise dos 30 mil documentos fornecidos pela polícia portuguesa. O trabalho foi feito a pedido do premiê David Cameron, comovido pelo desespero dos pais da garota.

Desde 2011, 38 pessoas, sendo 12 britânicos, foram identificadas na investigação. Elas não são necessariamente suspeitas, e nenhuma delas é conhecida da família Mc Cann, mas a Scotland Yard espera acredita que novos elementos virão à tona depois dos depoimentos. Os pais da menina sempre foram contrários ao arquivamento do inquérito. Em 2012, a Scotland Yard já havia solicitado à polícia portuguesa a reabertura das investigações.

Madeleine, conhecida como Maddie, desapareceu em 2007 em um apartamento na praia da Luz, no sul do Portugal, onde a família passava férias. Seus pais, que jantavam em um restaurante próximo ao local, dizem ter certeza que a menina foi sequestrada. A polícia chegou a levantar suspeitas contra o casal, antes do processo ser arquivado em julho de 2008, depois de 14 meses de investigação. Em 2012, a polícia divulgou uma foto da garota que mostra como estaria seu rosto hoje, seis anos depois.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.