Acessar o conteúdo principal
Bélgica / Atentados

Jovem belga é 10° detido por suspeita de participação nos atentados de Paris

Soldados no bairro de Molenbeek
Soldados no bairro de Molenbeek REUTERS/Youssef Boudlal
Texto por: RFI
2 min

Uma décima pessoa, um jovem de 22 anos, foi detida em Bruxelas por "assassinatos terroristas e participação nas atividades de um grupo terrorista", como parte da investigação sobre os ataques de Paris, informou nesta quinta-feira (31) a procuradoria federal do país.

Publicidade

Ayoub B., um belga nascido em 1993, foi preso na quarta-feira (30) durante uma incursão no bairro de Molenbeek-Saint-Jean, em Bruxelas, berço do jihadismo na Europa.

"O juiz de instrução emitiu esta manhã um mandado de prisão por assassinatos terroristas e participação em um grupo terrorista", segundo um comunicado da procuradoria.

Uma dúzia de telefones celulares, "que estão sendo analisados", foram apreendidos durante a operação policial, que aconteceu, segundo a imprensa belga, na mesma residência investigada três dias após os atentados de 13 de novembro na capital francesa.

Na época, a operação resultou em uma grande mobilização das forças de segurança no coração de Molenbeek, de onde é originário Salah Abdeslam e que serviu de base para vários membros de células jihadistas.

De acordo com informações da emissora pública RTBF, "rastros" da passagem de Salah Abdeslam, um dos principais suspeitos que segue foragido, foram detectados durante a primeira operação.

O jornal Het Laatste Nieuws noticiou que a casa em questão pertence a uma família próxima a Salah Abdeslam. Cinco membros dessa família teriam deixado o país para a Síria.

Não foram encontradas armas nem explosivos durante a operação. De acordo com o procedimento judicial belga, esse novo suspeito deverá comparecer dentro de cinco dias perante um juiz, que decidirá sobre sua prisão preventiva.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.