Reino Unido

Artistas britânicos pedem que Cameron acolha crianças de Calais

Os atores Colin Firth (esquerda) e Jude Law fazem parte do movimento em favor dos migrantes de Calais e Dunkerque.
Os atores Colin Firth (esquerda) e Jude Law fazem parte do movimento em favor dos migrantes de Calais e Dunkerque. REUTERS/Hannibal Hansche

Dezenas de artistas, escritores e esportistas britânicos divulgaram uma carta aberta nesta quinta-feira (18) na qual pedem que o primeiro-ministro David Cameron acolha no Reino Unido os migrantes menores de idade dos acampamentos Calais e Dunkerque, no norte da França. Entre os 150 participantes do movimento, estão os atores Jude Law, Colin Firth, Benedict Cumberbatch, Helena Bonham Carter, Gillian Anderson, entre outras dezenas de celebridades.

Publicidade

Os participantes da iniciativa fazem um apelo para que o governo britânico inicie um processo urgente e coloque em prática o reagrupamento familiar previsto no acordo de Dublin III. A medida serviria para que "todos os menores de idade residindo atualmente no acampamento de Calais e Dunkerque, que têm família no Reino Unido, possam reencontrar seus parentes", diz o documento.

As celebridades pedem também que Cameron aja para que os menores que não tiverem o direito de ir ao Reino Unido sejam protegidos e recebam todo o apoio na França. Além disso, a mobilização sugere que Londres interceda junto ao governo francês para que a decisão de desmantelar outras partes do acampamento de Calais, conhecido como "Jungle" (selva, em português),  não seja colocada em prática enquanto houver menores de idade habitando no local.

"O anúncio recente da prefeitura de Calais sobre destruir a parte sul do acampamento é um ato que, se deixarmos acontecer, vai destruir as casas temporárias de mais de quatro mil pessoas, entre elas, 443 crianças", diz a carta aberta. A campanha foi idealizada pelo ator Jude Law.

No final de janeiro, a justiça britânica autorizou quatro sírios que viviam na "Selva de Calais" - três adolescentes e um adulto com deficiência -, a reencontrar suas famílias no Reino Unido. No entanto, para descartar que a situação pudesse se repetir com outros migrantes, Londres ressaltou que o caso foi "excepcional".

Jude Law ficou horrorizado com acampamentos de Calais e Dunkerque

O ator Jude Law contou que visitou os dois acampamentos de migrantes no norte da França e ficou horrorizado com a situação das crianças vivendo em "condições desesperadoras".

Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, o ator disse que ficou imensamente triste ao ouvir as histórias que menores de idade o contaram em Calais e Dunkerque. "Um menino me agarrou e implorou para que eu o ajudasse, dizendo que a Jungle não é um bom lugar e que ele não queria ficar ali", declarou.

"Jungle" de Calais vai ser desmantelada

As autoridades francesas anunciaram na semana passada uma nova etapa do desmantelamento do acampamento de Calais, onde cerca de 4 mil migrantes vivem em condições precárias com a expectativa de conseguir chegar ao Reino Unido.

No final de janeiro, mais de 600 pessoas foram retiradas do local por razões de segurança. O governo francês quer agora esvaziar a metade da superfície da "Jungle".

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.