França/Eurocopa

Presidente francês consola seleção depois da derrota

Seleção francesa foi recebida no Palácio do Elysée pelo presidente François Hollande.
Seleção francesa foi recebida no Palácio do Elysée pelo presidente François Hollande. REUTERS/Philippe Wojazer

Depois da derrota contra Portugal, os jogadores da seleção francesa passaram mais de duas horas no palácio do Eliseu nesta segunda-feira (12). Eles almoçaram com o presidente francês, François Hollande, e foram recebidos com honras na sede da presidência.

Publicidade

Os 23 jogadores da França foram escoltados durante o trajeto entre o hotel e o palácio do Eliseu. Centenas de trocedores os aguardavam atrás das barreiras de segurança instaladas na frente da sede da presidência.

A equipe deixou o palácio do Eliseu por volta das 15h. Segundo o atacante Olivier Giroud, o discurso de François Hollande foi emocionante, principalmente depois da derrota “muito difícil” vivida pela equipe na véspera. “É reconfortante”, disse o craque. O time também foi bastante aplaudido pelos fãs que os esperavam na rua.

Cristiano Ronaldo e o treinador Fernando Santos
Cristiano Ronaldo e o treinador Fernando Santos REUTERS/Rafael Marchante

Em Portugal, os jogadores da seleção foram recebidos como heróis ao desembarcarem no aeroporto de Lisboa. O capitão Cristiano Ronaldo agitou o troféu da Eurocopa ao lado do ténico Fernando Santos. Em seguida, o craque, que se machucou na partida, apareceu na sacada do palácio presidencial, em Belém. Ele foi ovacionado pela multidão que cantou o hino nacional ao lado da equipe.

Presidente condecora jogadores

"Vocês são os melhores da Europa! Vocês deram o exemplo, vencendo graças a sua coragem, determinação e humildade”, disse o presidente Marcelo Rebelo de Sousa, antes de condecorar os 23 membros da equipe com o título de comendadores da ordem do mérito.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.