Pegar trem na Itália é para “aventureiros”, diz best-seller Roberto Saviano

Equipe de resgate tenta encontrar sobreviventes do acidente ferroviário no Sul da Itália, nesta quarta-feira, 13 de julho,
Equipe de resgate tenta encontrar sobreviventes do acidente ferroviário no Sul da Itália, nesta quarta-feira, 13 de julho, REUTERS/Alessandro Garofalo

Autoridades italianas anunciaram nesta quarta-feira (13) que subiu para 27 o número de vítimas do acidente de trem ocorrido ontem no Sul da Itália. Socorristas locais tentam ainda resgatar sobreviventes na área do acidente.

Publicidade

O célebre escritor italiano Roberto Saviano, autor de “Gomorra”, best-seller mundial que retrata a atuação da máfia napolitana, endereçou um pedido pessoal a Matteo Renzi, presidente do Conselho, insistindo para que ele atue com rigor na apuração do acidente.

“Pegar um trem nas regiões de Puglia, Calábria, Campanha, Basilicata e na Sicília se tornou um projeto reservado a aventureiros”, escreveu o autor em sua página do Facebook.

Acidente

Dois trens de grande velocidade se chocaram no fim da manhã desta terça-feira (12) num entrocamento ferroviário entre as cidades de Corato e Andria, situadas na região do "salto da bota" peninsular italiana. As causas do acidente ainda são desconhecidas, mas as suspeitas recaem sobre uma possível falha humana do maquinista.

O ministro italiano dos Transportes, Graziano Delrio, falará sobre o acidente nesta quarta (13), durante sessão no Parlamento, numa tentativa de responder às acusações segundo as quais os fundos europeus destinados a melhorar as linhas ferroviárias foram desperdiçados.

Mesmo se a Itália tem conseguido aprimorar a malha ferroviária de grande velocidade entre grandes cidades, como Nápoles, Roma, Milão e Turim, o essencial das linhas do país dispõe apenas de trens lentos e tecnicamente ultrapassados, especialmente na região Sul.

O último grande acidente ferroviário na Itália aconteceu em 2009, em Viareggio, na Toscana. Mais de 30 moradores da região localizada próxima à linha de ferro morreram durante um incêndio provocado pelo descarrilhamento de um trem de carga.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.