Bélgica/ terrorismo

Homem é morto após atacar policiais com machado na Bélgica

Militares circulam no centro de Bruxelas, em meio a ameaça elevada de atentados terroristas.
Militares circulam no centro de Bruxelas, em meio a ameaça elevada de atentados terroristas. REUTERS/Francois Lenoir
Texto por: RFI
2 min

Um homem atacou duas policiais com um machado em Charleroi, na Bélgica, aos gritos de "Alá é grande" (“Allah akbar”, em árabe), na tarde deste sábado (6). O agressor foi morto a tiros, em um contexto de alerta máximo contra atentados terroristas nos países europeus, principalmente a França e a Bélgica.

Publicidade

Segundo a agência Belga, uma das policiais sofreu ferimentos profundos no rosto e foi hospitalizada, mas não corre risco de morte. A colega dela teve ferimentos leves. Uma investigação foi aberta para apurar as razões do ataque. O grupo Estado Islâmico convoca, com frequência, seus fiéis a matar alvos ocidentais, entre eles militares e policiais.

"A morte do agressor do machado está confirmada", indicou a polícia de Charleroi no Twitter. "As duas policiais estão fora de perigo", acrescentou.

Machado dentro de sacola esportiva

De acordo com o jornal Le Soir, o homem se dirigiu a uma delegacia e imediatamente retirou o machado de uma sacola esportiva que ele trazia, às 15h58, no horário local. Com a arma, o agressor atingiu “várias vezes” a cabeça de uma policial.

Em seguida, o homem foi atingido por disparos feitos por uma terceira agente que estava ao lado, segundo a polícia da cidade de Valônia, localizada a 60 km ao sul de Bruxelas. Ele chegou a ser hospitalizado, mas morreu antes da realização de uma cirurgia.

O primeiro-ministro belga, Charles Michel, estava em viagem internacional e anunciou que retornará ao país no domingo, para se encontrar com autoridades policiais. O nível de alerta terrorista na Bélgica permanece elevado após os ataques ao metrô de Bruxelas, em março. Em uma escala de 1 a 4, o índice atual é 3, que significa “ameaça possível”. O ministro do interior Jan Jambon indicou que uma reavaliação do nível está em curso.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.