Acessar o conteúdo principal
Espanha

Parlamento catalão aprova lei do referendo sobre independência

Passeata pela independência da Catalunha na praça Espanha, em Barcelona
Passeata pela independência da Catalunha na praça Espanha, em Barcelona REUTERS/Albert Gea
Texto por: RFI
2 min

O Parlamento da Catalunha aprovou nesta quarta-feira (6) a lei com a qual quer convocar um referendo sobre a independência da região espanhola, previsto para 1º de outubro e considerado ilegal por Madri.

Publicidade

O texto foi aprovado com os 72 votos da maioria separatista da Câmara, 11 abstenções e a ausência de grande parte da oposição, que denunciou a ilegalidade da votação, depois da qual o governo regional de Carles Puigdemont deve assinar o decreto de convocação da consulta.

No último dia 28, os partidos haviam apresentado um projeto de lei que prevê a criação da República da Catalunha caso o “sim” à independência vença o referendo.

No entanto, o governo espanhol se opõe à consulta e vetou a votação. Na ocasião, o primeiro-ministro Mariano Rajoy definiu o referendo como “ilegal” e garantiu que impediria a consulta “com todos os meios que tiver”.

Nesta manhã, o governo espanhol chegou a introduzir um recurso no Tribunal Constitucional pedindo que a votação da lei do referendo fosse bloqueada.

Os catalães deverão responder se querem que a região de 7,5 milhões de habitantes, 16% da população espanhola, se converta em uma nação independente.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.