Acessar o conteúdo principal
Reino Unido

Miss Inglaterra terá pela primeira vez candidata com véu muçulmano

Sara Iftekhar é a primeira candidata a participar da final do Miss Inglaterra usando um véu islâmico.
Sara Iftekhar é a primeira candidata a participar da final do Miss Inglaterra usando um véu islâmico. Paul Carroll/Miss England
Texto por: RFI
2 min

Pela primeira vez, uma jovem de religião muçulmana vai competir nesta terça-feira (4) usando um véu na final do concurso de beleza Miss Inglaterra. Os organizadores do evento alegam que a escolha da concorrente é uma forma de representar a diversidade atual do país.

Publicidade

Sara Iftekhar, uma estudante de direito de 20 anos, vai competir com 49 outras jovens na final, que será realizada em Newark-on-Trent, no centro da Inglaterra. Eleita Miss Huddersfield 2018, a concorrente disse estar orgulhosa de ser a primeira mulher com véu a chegar à final.

"Sou uma garota normal e todos nós temos as mesmas chances neste concurso", disse ela à imprensa local. "Eu sou como as outras candidatas. Participo do Miss Inglaterra 2018 para mostrar que a beleza não tem definição", escreveu a jovem em sua conta no Instagram.

Em um vídeo no site do concurso, Sara conta que uma de suas paixões é a maquiagem. "Cada pessoa é bonita à sua maneira, independe de seu peso, raça ou cor", defende a jovem, que aparece nas fotos oficiais do evento usando um véu discreto, que cobre parte da cabeça e as orelhas.

Segundo a porta-voz do evento, Angie Beasley, “isso mostra que o concurso representa a Inglaterra de hoje". Já a ativista feminista Iqra Choudhry declarou que o fato de Sara ter chegado na final do concurso “deve ser saudado pela comunidade muçulmana e as mulheres em geral".

O Reino Unido tem mostrado cada vez mais abertura no que diz respeita à inclusão. Em abril deste ano, a americana Halima Aden se tornou a primeira modelo com um hijab a estampar a capa da revista Vogue britânica.

Entre as outras competidoras do Miss Inglaterra, está Sophie Hall, uma jovem que tem cicatrizes no braço e no ombro depois de sofrer um ataque com ácido em 2017.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.