Acessar o conteúdo principal
Europa/ Tempestades

Tempestades Elsa e Fabien deixam vítimas na Espanha e na França

Imagens de destroços levados pelos fortes ventos em Nice, no sul da França nesta sexta (20).
Imagens de destroços levados pelos fortes ventos em Nice, no sul da França nesta sexta (20). VALERY HACHE / AFP
Texto por: RFI
3 min

As fortes chuvas e ventos causados pelas tempestades Elsa e Fabien, continuam a fazer estragos no Oeste da Europa neste fim de semana. Três pessoas morreram na Espanha e uma está desaparecida na França.

Publicidade

Uma mulher de 32 anos, da Coreia do Sul, morreu após ter sido atingida por destroços que caíram de um prédio no centro de Madri, na manhã de sábado (21), segundo indicou à imprensa o ministro do Interior do governo da cidade. Ele garantiu que o edifício tinha passado sem problemas por inspeções em 2015.

Um homem holandês também faleceu por afogamento, quando surfava na província de Huelva, no sudoeste da Espanha. Na costa sudeste da França, um homem desapareceu no mar Mediterrâneo depois de ter caído de um veleiro na sexta-feira (20). Outra pessoa que estava no barco foi salva, segundo as autoridades. Na província de Granada, no Sul do país, um homem faleceu porque seu carro foi levado pela correnteza do rio Huescar, que transbordou.

França

Após serem atingidas por tempestades que deixaram 14 mortos em um período de um mês, a Côte d’Azur, a Córsega e a Provence sofrem novamente as consequências de chuvas abundantes e fortes ventos desde sexta-feira. Na Córsega todos os aeroportos foram fechados e as travessias marítimas estão perturbadas, segundo as autoridades da ilha.

A circulação de trens também fica perturbada pelas tempestades. Segundo a empresa responsável pelo transporte ferroviário na França, a SNCF, nenhum trem circulará entre as cidades de Bordeaux e Toulouse até o meio dia de domingo (22), devido à possível presença de objetos ou árvores nos trilhos, levados pelos fortes ventos. O tráfego ferroviário no país já está fortemente perturbado por causa da greve dos trabalhadores contra a reforma da previdência.

Tempestades

Os estragos são causados pela tempestade Elsa, que atingiu a França no fim de semana. Uma outra tempestade batizada de Fabien, causou ventos fortes na Galícia, no noroeste da Espanha, registrando 140 km/hora. A região, assim como a vizinha Astúrias, estão em alerta vermelho. Fabien deve chegar na França na noite de sábado.

O organismo meteorológico francês, Météo-France, colocou 14 departamentos sob vigilância laranja por ventos violentos. As rajadas de vento devem variar entre 100 e 120 km/h no interior, podendo chegar até a 140 km/h nas costas. Os habitantes foram recomendados a limitar as saídas de casa e prevenidos sobre o risco de queda de árvores e outros objetos. Em algumas cidades do sul da França, manifestações públicas, atividades e mercados de Natal foram cancelados.

(Com informações da AFP)

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.