Acessar o conteúdo principal

Mídia espanhola suspeita que o ex-rei Juan Carlos I esteja na República Dominicana

O rei emérito da Espanha, Juan Carlos I, que decidiu se exilar para evitar mais complicações para seu filho, Felipe VI,  estaria na República Dominicana.
O rei emérito da Espanha, Juan Carlos I, que decidiu se exilar para evitar mais complicações para seu filho, Felipe VI, estaria na República Dominicana. AP - Andrea Comas
Texto por: RFI
3 min

A mídia espanhola especula nesta terça-feira (4) sobre o destino escolhido pelo ex-rei Juan Carlos I para seu exílio. Segundo os jornais do país, o ex-chefe de Estado estaria na República Dominicana. Mas desde o anúncio, na véspera, de sua partida, o Palácio Real se recusa a comunicar qualquer informação.

Publicidade

Toda a imprensa tinha como certo que o ex-monarca, alvo de uma investigação por suspeita de corrupção, havia deixado o território a partir de segunda-feira (3), embora nem o Palácio Real nem o governo o tenham confirmado.

Na primeira página do site do diário ABC, favorável à monarquia, um artigo dizia nesta terça-feira que Juan Carlos I, 82 anos, estaria visitando a República Dominicana. El Mundo e La Vanguardia seguiram o exemplo e escreveram que ele pretende ficar com os amigos por um tempo no país do Caribe. Já o jornal online El Confidencial escreve que ele poderia estar em Portugal, onde passou a primeira infância, mas também na França ou na Itália, onde tem parentes.

O Palácio Real se recusou a comentar essas especulações. "A única informação que temos é aquela publicada ontem no site da Royal House", disse um porta-voz. O Palácio publicou a carta de Juan Carlos I a seu filho Felipe VI, em que ele anunciava sua decisão de se afastar da Espanha para ajudá-lo a "exercer suas responsabilidades". Desde sua ascensão ao trono, em junho de 2014, o soberano se esforçou para restaurar a imagem da monarquia, marcada por escândalos.

Uma comissão de US$ 100 milhões

O ex-rei já havia abdicado por causa dos escândalos, mas eles o perseguiam. A justiça suíça está investigando uma comissão de US$ 100 milhões que ele teria recebido da Arábia Saudita em uma conta na Suíça em 2008.

A Suprema Corte espanhola anunciou em junho a abertura de uma investigação sobre sua possível responsabilidade criminal, mas apenas por atos cometidos desde sua abdicação. Até então, ele estava coberto pela imunidade real.

Juan Carlos I subiu ao trono em 1975, com a morte do ditador Francisco Franco, que o escolheu para sucedê-lo e liderou a transição do país para a democracia. Ele foi popular por um longo tempo antes de sua imagem ser manchada por suas conexões e suspeitas de corrupção.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.