Acessar o conteúdo principal

Homem é preso em Berlim por bater seu carro no portão do escritório de Angela Merkel

Os bombeiros removem o carro que bateu no portão da entrada principal da chancelaria em Berlim, no gabinete da chanceler alemã Angela Merkel em Berlim, Alemanha, 25 de novembro de 2020. As cartas escritas no carro diziam: "Seus malditos assassinos de crianças e pessoas velhas".
Os bombeiros removem o carro que bateu no portão da entrada principal da chancelaria em Berlim, no gabinete da chanceler alemã Angela Merkel em Berlim, Alemanha, 25 de novembro de 2020. As cartas escritas no carro diziam: "Seus malditos assassinos de crianças e pessoas velhas". REUTERS - FABRIZIO BENSCH
Texto por: RFI
2 min

A polícia alemã declarou nesta quarta-feira (25) que deteve um homem que jogou um carro contra o portão da chancelaria alemã no centro de Berlim, no que parecia ser um protesto "contra a globalização". O prédio, onde trabalha a chanceler Angela Merkel, faz parte do chamado "bairro governamental" da capital alemã, e se situa em uma praça próxima ao Reichstag, o parlamento alemão.

Publicidade

"O carro ainda está parado no portão. Estamos verificando se o motorista o dirigiu intencionalmente até lá", disse uma porta-voz da polícia à agência AFP, acrescentando que não está claro se houve algum dano.

"Pare com a política da globalização" foi pintado em um lado do carrro da marca Volkswagen verde escuro, enquanto no lado do motorista, a frase "suas crianças malditas e assassinos de velhos" se encontrava rabiscada à mão.

O veículo, que não parecia danificado, tocou os portões onde blocos de concreto foram colocados como uma precaução adicional de segurança, para evitar que qualquer tipo de veículo pudesse forçar uma entrada no local do escritório da chanceler Angela Merkel.

A mídia alemã informou que o mesmo veículo havia tentado entrar no perímetro de segurança em 2014, no que então parecia ser um protesto contra o aquecimento global.

O carro trazia então o slogan "pare a mudança climática que está matando pessoas". Dezenas de policiais, uma ambulância e um carro de bombeiros foram ao local após o acidente.

O motorista, de 48 anos, foi detido no local.

Com informações da AFP

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.