Espanha suspende restrição de voos do Brasil, mas mantém quarentena a viajantes

Passageiros transitam pelo aeroporto de Barajas, em Madri.
Passageiros transitam pelo aeroporto de Barajas, em Madri. AP - Manu Fernandez

A Espanha vai suspender as restrições para voos procedentes de Brasil e África do Sul, mas vai impor uma quarentena de dez dias para estes viajantes, a partir de terça-feira (3), informou um decreto publicado no Diário Oficial espanhol neste sábado (31).

Publicidade

Os viajantes procedentes de ambos os países que tiverem a cartela de vacinação completa, um teste negativo ou a comprovação de contágio recente por Covid-19 poderão entrar na Espanha. Ainda assim, terão de cumprir um período de autoisolamento.

O governo espanhol interrompeu as conexões aéreas com Brasil e África do Sul em fevereiro, à exceção de cidadãos espanhóis, aos estrangeiros com residência comprovada na Espanha e Andorra e aos passageiros em trânsito internacional com destino a um país de fora do espaço Schengen de livre-circulação na Europa, cuja escala ocorra em menos de 24 horas.

Nova onda na Espanha

O novo decreto especifica que os países continuam na lista de localidades que apresentam “alto risco” em relação à doença. Brasil e África do Sul se unem, portanto, à relação de países cujos viajantes são submetidos a uma quarentena obrigatória, a exemplo de Argentina, Colômbia, Bolívia e Namíbia.

Há semanas, a Espanha enfrenta uma nova onda de casos de Covid-19, com uma média de 687 casos para 100 mil habitantes. Diversas regiões do país já retomaram restrições sanitárias para tentar conter o avanço dos contágios, acelerados pela variante delta do vírus. Cerca de57% da população espanhola já foi completamente vacinada e 67% recebeu pelo menos uma dose do imunizante.

Com informações da AFP

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.