Acessar o conteúdo principal

Devido ao coronavírus, França comemora 14 de julho em formato reduzido

Militares na Praça da Concórdia, em Paris, para as comemorações do 14 de julho.
Militares na Praça da Concórdia, em Paris, para as comemorações do 14 de julho. REUTERS - BENOIT TESSIER
Texto por: RFI
2 min

A França celebra nesta terça-feira sua festa nacional de 14 de julho, mais conhecida como o dia da Queda da Bastilha. As celebrações este ano são mais modestas devido à pandemia de Covid-19. Os profissionais da saúde são os grandes homenageados hoje.

Publicidade

No lugar do tradicional desfile militar na Avenida Champs Elysée, que costuma contar com políticos e convidados internacionais, acontece uma cerimônia, na qual profissionais da saúde são os grandes homenageados e ocupam as tribunas ao lado do presidente Emmanuel Macron e dos ministros.

A cerimônia vai durar pouco mais de uma hora, ao invés das duas horas habituais, e está sendo realizada sem público na Praça da Concorde. Esta é a primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial, que o desfile não é realizado na avenida Champs Elysées.

Tradicionalmente, cerca de quatro mil soldados franceses e estrangeiros, com tanques e blindados, descem com pompa a avenida, aplaudidos por um grande público.

Também participam da cerimônia policiais, o corpo de bombeiros e profissionais considerados indispensáveis para a contenção da pandemia. A celebração começou com uma homenagem ao general Charles de Gaulle, 80 anos após a sua chamada à resistência, feita pelo rádio, em Londres, onde estava exilado.

Macron deve falar sobre economia e pandemia

Logo após a cerimônia, o presidente Emmanuel Macron dará uma entrevista transmitida pela televisão. A entrevista do presidente é bastante esperada e ele deve falar sobre o relançamento da economia francesa e sobre a gestão da epidemia.

O desfile do 14 de julho acolhe cada ano milhares de pessoas e é, junto à queima de fogos na Torre Eiffel, o ponto alto da comemoração. O show pirotécnico da Torre será realizado, mas sem público. Devido à pandemia 95% das comemorações do 14 de julho foram canceladas no país.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.