Presidente e premiê da França bebem café na calçada para celebrar reabertura de bares e restaurantes

O presidente francês, Emmanuel Macron (à direita), e o primeiro-ministro Jean Castex se sentaram na área exterior de um café em Paris, nesta quarta-feira (19).
O presidente francês, Emmanuel Macron (à direita), e o primeiro-ministro Jean Castex se sentaram na área exterior de um café em Paris, nesta quarta-feira (19). AFP - GEOFFROY VAN DER HASSELT

O presidente francês, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro Jean Castex comemoraram a nova etapa do relaxamento das medidas contra a Covid-19 com um hábito tradicional no país: beber um cafezinho na calçada de um bar. Os setores da gastronomia e da cultura, além do comércio não essencial, voltam parcialmente ao funcionamento nesta quarta-feira (19).

Publicidade

Na área externa de um café na região do Palácio do Eliseu, sede da presidência francesa em Paris, Macron e Castex foram filmados dividindo uma mesa, enquanto batiam papo e bebiam um cafezinho por volta das 8h30 da manhã em Paris (3h30 em Brasília). Depois, os dois líderes conversaram com o dono do estabelecimento, cumprimentaram os frequentadores do local e responderam à imprensa.

Para Macron, esse é "um pequeno momento de liberdade restabelecido graças aos nossos esforços coletivos". "Quero dizer para vocês: vamos nos acostumar a viver juntos o presente", declarou, pedindo que os franceses continuem prudentes para "conseguir coletivamente dominar a epidemia".

"Se conseguirmos nos organizar coletivamente, continuar nos vacinando, manter uma disciplina coletiva de cidadãs e cidadãos, não há razão para que não consigamos continuar avançando", reiterou, comemorando a melhora da situação sanitária na França. "Os números [da epidemia] estão no bom caminho", declarou, antes de seguir a pé, ao lado do primeiro-ministro, o caminho para o Palácio do Eliseu. 

No Twitter, o presidente publicou o vídeo do momento em que ele e o premiê são servidos. "Conseguimos! Calçadas, museus, cinemas, teatros... Retomemos o que faz a nossa arte de viver. Respeitando as medidas de proteção", escreveu.

Quase sete meses de fechamento

Fechados desde 30 de outubro de 2020, os restaurantes e bares puderam reabrir nesta quarta-feira dentro da segunda etapa de relaxamento das medidas contra a Covid-19. No entanto, esses estabelecimentos estão autorizados a servir os clientes apenas em suas áreas ao ar livre, utilizando 50% dos espaços não cobertos e com o limite de seis pessoas por mesa.

A cultura também ensaia um retorno às atividades, com a volta do funcionamento de cinemas, teatros e museus, bem como o comércio não essencial, aberto com limite de frequentação. O toque de recolher noturno, até então às 19h, passa nesta quarta-feira às 21h.

O governo francês pôde dar seguimento a seu plano de reabertura, que teve início no começo de maio, relaxando o terceiro lockdown, imposto no final de março. A diminuição das hospitalizações por Covid-19, inédita em seis meses, favoreceu esse quadro.

A aceleração da campanha de vacinação, nos últimos dias, deve permitir que a terceira etapa do plano, prevista para 9 de junho, seja alcançada. Mais de 30 milhões de doses dos imunizantes anticovid foram administradas até agora: 31,2% da população do país recebeu ao menos uma injeção e 13,5% está completamente imunizada.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.