França: polícia investiga pista terrorista de ataque contra viatura em Cannes

Homem atacou viatura de policia em Cannes e tentou ferir agente com uma faca
Homem atacou viatura de policia em Cannes e tentou ferir agente com uma faca REUTERS - Sarah Meyssonnier

Um policial da delegacia de Cannes, no sul da França, foi vítima de um ataque com faca nesta segunda-feira (8). A notícia foi divulgada pelo ministro do Interior, Gérald Darmanin, que publicou uma mensagem no Twitter. A hipótese terrorista é "privilegiada". 

Publicidade

Segundo o jornal local Nice Matin, o ataque aconteceu por volta das 6h35 da manhã. Um homem atacou um carro da patrulha da polícia que estava estacionado, abriu a porta do veículo e deu uma facada no agente que conduzia o carro.

O agressor tentou atacar o policial na altura do tórax, mas ele foi salvo pelo seu colete à prova de balas, escreveu o ministro do Interior francês no Twitter.

Em seguida, o homem tentou esfaquear o policial que estava no comando da patrulha, mas acabou sendo atingido com um tiro por um outro agente.Dois outros policiais tiveram ferimentos leves, atingidos por estilhaços do projétil, segundo fontes policiais. O autor do ataque ficou gravemente ferido, está hospitalizado, e corre risco de morte. Fontes policiais declararam ao jornal local que ele disse ter agido  "em nome do profeta." 

A Procuradoria de Nice abriu um inquérito para apurar o caso. No Twitter, o prefeito de Cannes, David Lisnard, declarou que as circunstâncias do ato "ainda devem ser esclarecidas." Segundo o jornal francês Le Figaro, o autor, Lakhdar B., é um argelino nascido em 1984, que possui um visto italiano. O canal de TV BFMTV afirma que ele não é fichado na polícia.

"Parabenizo os policiais que foram vítimas dessa agressão. Eles demonstraram um grande profissionalismo e felizmente nenhum deles ficou ferido", disse o prefeito da cidade em frente ao local do ataque. "Infelizmente sabemos que esse risco existe", disse Lisnard em referência aos ataques terroristas dos últimos anos. "É por isso que em Cannes nós nos preparamos para reagir diante das circunstâncias e desse fenômeno. É preciso erradicar essa ameaça à nossa sociedade", declarou.

 

Riviera Francesa é alvo de ataques

A Riviera Francesa tem sido alvo de ataques terroristas nos últimos anos. Nice, perto de Cannes, foi palco de um violento atentado há cerca de um ano. Um homem entrou na basílica Notre-Dame da Assunção, no centro da cidade de pouco mais de 500 mil habitantes. 

Uma mulher e um homem foram assassinados dentro da basílica. A mulher foi degolada dentro do templo pelo agressor. O homem, de 45 anos, era o sacristão da basílica. A terceira vítima, a brasileira Simone Barreto Silva, conseguiu fugir para um bar próximo, mas não resistiu e morreu pouco depois. Nascida em Salvador (BA), Simone tinha 44 anos, morava na França há 30 e deixou três filhos.

Há quatro anos a cidade já havia sido cenário de um atentado que deixou 86 vítimas fatais. Desde 2012, a França registrou 55 ataques terroristas. Eles causaram a morte de 290 pessoas.

Matéria atualizada

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe todas as notícias internacionais baixando o aplicativo da RFI