França/Aposentadoria

Sarkozy faz concessões, mas mantém idade mínima de 62 anos para aposentadoria

Idoso em manifestação em Paris contra a reforma da previdência
Idoso em manifestação em Paris contra a reforma da previdência Reuters

Após a forte mobilização registrada na greve geral desta terça-feira, o presidente francês Nicolas Sarkozy decidiu fazer concessões em sua polêmica reforma da previdência, mas mantém o dispositivo principal do projeto, que prevê passar de 60 para 62 anos a idade mínima legal para a aposentadoria na França

Publicidade

Entre as concessões, que serão feitas sob a forma de emendas ao projeto de lei debatido atualmente, está a que se refere às carreiras consideradas “penosas”, como trabalho noturno, horários irregulares, carregamento de objetos pesados, esforços articulares e posturais, exposição a elementos tóxicos ou atividades insalubres.

Nesses casos, a reforma previa que todo trabalhador com uma incapacidade igual ou superior a 20% poderia se aposentar aos 60 anos. Sarkozy pretende estender a medida para os trabalhadores que tiverem 10% de incapacidade, beneficiando principalmente os trabalhadores rurais. Essa flexibilização deve favorecer trinta mil pessoas, ao invés de dez mil, segundo o texto atual.

As carreiras longas também mereceram a condescendência do governo e um investimento suplementar de 350 milhões de euros, mais de 760 milhões de reais. O projeto prevê que as pessoas que começaram a trabalhar cedo, antes dos 18 anos, e já cumpriram o tempo total de contribuição, poderão se aposentar aos 60 anos ou até mesmo antes.

Em compensação, o governo ainda não propôs nenhum compromisso para os que têm aposentadorias múltiplas, ou seja, uma parte de sua carreira no setor público e outra no setor privado, que, em geral, acabam sendo prejudicadas. Sarkozy pediu ao governo que apresente rapidamente emendas sobre o assunto ao parlamento. Quanto aos sindicatos, que estão reunidos para decidir novas ações, julgaram insuficientes as concessões anunciadas.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.