França/Kerviel

Ex-trader da Société Générale considera sentença injusta

O ex-operador do mercado financeiro Jérome Kerviel deixando o tribunal de Justiça de Paris, nesta terça-feira, 5 de outubro.
O ex-operador do mercado financeiro Jérome Kerviel deixando o tribunal de Justiça de Paris, nesta terça-feira, 5 de outubro. Reuters

Em entrevista à rádio francesa Europe 1, Jérôme Kerviel disse que está "pagando por todo mundo." Ele foi condenado por ter provocado um rombo de quase 5 bilhões de euros na Socgen, e a devolver o mesmo valor à empresa.

Publicidade

Jérôme Kerviel, ex-operador da bolsa do banco francês Société Générale, afirmou nesta quarta-feira que está "pagando por todo mundo." Nesta terça-feira, Kerviel foi condenado a cinco anos de prisão, três em regime fechado, por ter provocado um dos maiores rombos do sistema bancário francês. Além disso, ele terá que pagar o prejuízo que quase levou a Société Génerale à falência : uma multa de cerca de 4 bilhões e 900 milhões de euros.

Em entrevista concedida à rádio Europe 1, o ex-corretor disse que está pagando sozinho por erros cometidos por várias pessoas do banco. "Desde o começo da investigação, assumi a minha responsabilidade", declarou.  "Reconheci o que havia feito de errado e forneci informações que provavam que meus colegas sabiam o que eu estava fazendo. Mas olhando o veredicto de ontem, vejo que fui considerado o único responsável."

O ex-trader afirma que não agiu sozinho, e os outros responsáveis pelo rombo também deveriam ser punidos. "Esperava que, nesse processo, a responsabilidade de todos fosse reconhecida. Mas falaram só da responsabilidade de Jerôme Kerviel e não da responsabilidade das outras pessoas. Claro que quando recebemos uma martelada como essa na cabeça, é muito difícil. E, para ser sincero, a primeira coisa que eu pensei foi no meu pai e na minha mãe", disse.

Jérome Kerviel

O advogado de Jerôme Kervier, Olivier Metzner vai apelar da sentença.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.