Acessar o conteúdo principal
Angoulème/HQ

Festival de Angoulême traz a nata do HQ Mundial

Imagem de 'Toxic', de Charles Burns, em competição no Festival de Angoulême.
Imagem de 'Toxic', de Charles Burns, em competição no Festival de Angoulême. Foto: Divulgação
Texto por: Adriana Brandão
1 min

O universo da história em quadrinhos tem encontro marcado a partir desta quinta-feira em Angoulême, no sudoeste da França. O festival internacional de HQ da cidade, que acontece até o próximo domingo, é um dos mais importantes do mundo.

Publicidade

Cerca de 200 mil visitantes são esperados para esta 38ª edição do evento, que dará um panorama mundial da riqueza da chamada "nona arte". No total, 86 novos títulos concorrem ao Grande Prêmio de Angoulême, considerado o Nobel da História em Quadrinhos.

O roteirista brasileiro Wander Antunes, pouco conhecido no Brasil mas famoso na França, foi selecionado com a história Toute la poussière du chemin (Toda a poeira do caminho, em tradução livre, do francês), ilustrada pelo espanhol Jaime Martin, que estará na cidade.

Além da participação tradicional de editoras e autores, exposições especiais serão montadas para mostrar a vanguarda da produção belga e da produção atual de Hong Kong. Um espaço dedicado apenas aos mangás, os gibis japoneses em capítulos que conquistaram a França e o mundo, também foi criado especialmente para o evento.

O setor editoral de histórias em quadrinhos é um dos mais dinâmicos da França. Em 2010, 4.600 livros foram lançados no país de Asterix e Obelix e o segmento registrou um faturamento estimado em 313 milhões de euros.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.