França/Economia

Preços de vinhos de Bordeaux sobem graças à exportação

As garrafas de Bordeaux  estão cada vez mais valorizadas.
As garrafas de Bordeaux estão cada vez mais valorizadas.

A crise chegou ao fim para os viticultores de Bordeaux, na França. Os preços, que se mantiveram bem baixos até 2010, começaram a aumentar, impulsionados pela volta dos compradores britânicos e o interesse da clientela asiática.  

Publicidade

No ano passado, um barril de vinho Bordeaux estava valendo 1.200 euros (cerca de R$2.730). Hoje, a mesma quantidade está sendo comercializada a 1.500 euros (cerca de R$3.400), um sinal relevante de recuperação do setor.

O mercado da região evoluiu graças aos volumes de venda ao exterior, que progrediram 9% neste ano. Quem puxa a locomotiva é a Ásia, seguida pelos Estados Unidos. A Grã-Bretanha, cujo interesse havia caído nos últimos anos, voltou a se interessar pelos vinhos da região há seis meses, devido à queda da produção dos vinhos australianos.

Concorrência sul-americana

Os viticultores encaram um novo concorrente no mercado global: o Chile, cujas marcas estão cada vez mais presentes na Dinamarca, por exemplo, onde os franceses vêm perdendo terreno.

Os vinhos de alta qualidade, chamados Grands Crus, também viram seu preço subir pelo segundo ano consecutivo.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.