França/Violência

Sarkozy é agredido enquanto cumprimentava multidão no interior da França

O presidente Nicolas Sarkozy foi agredido enquanto cumprimentava moradores no interior da França.
O presidente Nicolas Sarkozy foi agredido enquanto cumprimentava moradores no interior da França.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, foi agredido fisicamente por um homem quando cumprimentava moradores durante uma visita à cidade de Brax, na região sudoeste da França. O chefe de estado francês estava apertando as mãos de várias pessoas atrás de barreiras de segurança quando um homem, com a mão estendida para receber o cumprimento, agarrou Sarkozy pelo paletó e pelo ombro empurrando-o em sua direção.  

Publicidade

O presidente francês se desequilibrou por alguns segundos mas logo foi protegido pelos guarda-costas. O autor da agressão foi imediatamente imobilizado e em seguida levado para delegacia da cidade de Agen e teve a prisão preventiva decretada.

O homem, de 32 anos, morador da região de Lot et Garonne não tinha passagens anteriores pela polícia, segundo fontes ouvidas pela AFP.  Testemunhas da cena justificaram o gesto do agressor como sendo o de quem manifestou uma profunda insatisfação.

O presidente francês continuou a cumprimentar outras pessoas. 

Um juiz deverá qualificar o gesto do agressor do presidente Sarkozy. Caso seja acusado de violência agravada contra a autoridade pública do chefe de estado, o autor poderá, se condenado, pegar até três anos de prisão e pagar multa de 45 mil euros.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.