Acessar o conteúdo principal
França/Cultura

França lança “Festa da Gastronomia” para valorizar culinária do país

Logotipo oficial da Festa da Gastronomia.
Logotipo oficial da Festa da Gastronomia.
3 min

O governo francês institucionalizou o dia 23 de setembro como a data oficial de celebração de um das grandes paixões nacionais e um dos maiores símbolos culturais do país: a gastronomia. Mais de 3 mil iniciativas foram programadas em todo a França para a estreia saborosa da “Festa da Gastronomia”.

Publicidade

Entre as atividades previstas durante o dia estão a degustação do prato típico “cassoulet” (feijão branco cozido com carne de porco que lembra a feijoada brasileira) no restaurante da Torre Eiffel, concursos do melhor sanduíche feito de presunto com manteiga e banquetes preparados por chefes de cozinha premiados em cidades do interior, como Avignon, no sul da França.

Em Joinville-le-Pont, nos arredores de Paris, ateliês culinários serão abertos à crianças e adolescentes autistas. Desempregados e moradores de rua serão servidos com um almoço especial preparado por instituições de caridade como a Fundação Abbé Pierre.

A ideia da criação da Festa da Gastronomia se concretizou após a gastronomia francesa ter sido inscrita oficialmente como patrimônio imaterial da Unesco, na lista publicada em novembro de 2010. "Seria preciso fazer jus a este reconhecimento da gastronomia francesa”, declarou o secretário de estado para o Turismo, Frédéric Lefebvre.

Ele explica ainda que o evento foi inspirado na Festa da Música, criada em 1983 pelo ministro da Cultura da França, Jack Lang. O evento musical, celebrado todo dia 21 de junho, primeiro dia de verão no hemisfério norte, ultrapassou as fronteiras do país e se tornou um fenômeno mundial. Para a Festa da Gastronomia, que pretende ser uma manifestação para valorizar a cozinha e a arte da “boa mesa” francesa, a data reservada foi o dia que marca o início do outono.

“Esperamos que seja uma grande festa popular que una franceses e turistas”, afirmou Lefebvre. A iniciativa governamental reúne os ministérios da Cultura, Educação, Agricultura e da Solidariedade.

“Terra”

A primeira edição da Festa da Gastronomia é dedicada à “terra” e inspirou mais de 3 mil iniciativas que entraram na programação oficial e receberam um selo oficial da organização do evento. Além das manifestações tradicionais como refeições em restaurantes e em locais públicos, os setores agroalimentar e vitícola também aderiram ao projeto.

Mas a programação, segundo os organizadores, é enriquecida com iniciativas espontâneas e a intenção é que a festa seja popularizada e tome uma dimensão extra-oficial, como acontece com a Festa da Música.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.