Acessar o conteúdo principal
França/salão da agricultura

49° Salão da Agricultura da França abre em ritmo de campanha eleitoral

Salão da Agricultura acontece de 25 de fevereiro a 4 de março em Paris.
Salão da Agricultura acontece de 25 de fevereiro a 4 de março em Paris. (Reuters/Gonzalo Fuentes)
Texto por: RFI
3 min

Começa neste sábado, em Paris, o 49° Salão da Agricultura da França que conta com cerca de mil expositores e quase cinco mil animais de toda a França e de 37 outros países. Cerca de 700 mil visitantes são esperados para o evento que acontece até o dia 4 de março.

Publicidade

A menos de dois meses do primeiro turno das eleições presidenciais francesas, esta edição terá um forte caráter de campanha eleitoral. O presidente Nicolas Sarkozy abrirá o salão, como já é de praxe do evento que sempre conta com o chefe de estado em sua inauguração. Sarkozy, aliás, que tem um polêmico histórico no Salão da Agricultura da França, devido ao um xingamento proferido na edição de 2008. "Casse-toi, pauvre con", algo como "sai fora, seu babaca", disse o presidente a um visitante que se recusou a apertar a sua mão.

Na corrida pela campanha política, todos os candidatos já adiantaram que comparecerão ao parque de exposições. O centrista François Bayrou tem visita programada para domingo e o socialista François Hollande, o principal rival de Sarkozy, para terça. Outros candidatos como Jean-Luc Mélenchon, da extrema esquerda, Marine Le Pen, da extrema direita, e ambientalista Eva Joly também já anunciaram sua presença neste que é o maior salão anual francês.

"Esta edição de 2012 tem um clima particular neste período eleitoral", reconhece Xavier Beulin, presidente da FNSEA (Federação Nacional dos Sindicatos de Exploradores Agrícolas), o principal sindicato agrícola francês. Ele quer convencer os responsáveis políticos que a agricultura representa um polo de excelência para a França, mesmo que o setor tenha perdido uma parte de sua popularidade para a sua principal concorrente, a Alemanha.

O mundo agrícola representa mais de três milhões de eleitores - cerca de 8 por cento do eleitorado do país. A atividade é considerada como um polo chave para a França, que tem uma produção de 65,8 bilhões de euros.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.