Acessar o conteúdo principal
França/Réveillon

França tem mais de mil carros queimados na noite do Réveillon

A polícia de Estrasburgo, no leste da França, reuniu os carros queimados durante a noite do Réveillon 2013.
A polícia de Estrasburgo, no leste da França, reuniu os carros queimados durante a noite do Réveillon 2013. REUTERS/Jean-Marc Loos
Texto por: Silvano Mendes
1 min

A polícia francesa informou que 1.193 carros foram queimados durante a noite da virada. Visto por muitos como um indicador da violência urbana, a incineração de veículos é uma tradição no país. De acordo com as autoridades, 339 pessoas foram presas durante a madrugada.

Publicidade

Os franceses contabilizam novamente o número de carros incendiados durante a noite da virada. Segundo a polícia, 1.193 veículos foram queimados nesse Réveillon e 339 pessoas foram presas durante a madrugada de segunda para terça-feira. “Eu farei algumas propostas para lutar contra esse fenômeno que atinge nosso país”, declarou o ministro francês do Interior, Manuel Valls, ao anunciar os números.

A incineração criminosa de carros, que surgiu na França nos anos 1990, ganhou força na década passada, quando algumas gangues rivais começaram a competir para saber quem incendiava mais automóveis. Por esse motivo, no Réveillon passado o governo preferiu omitir o número de veículos queimados para não incitar a rivalidade.

O fenômeno é visto por muitos como o sintoma de um aumento da delinquência em algumas periferias pobres do país. Esse tipo de protesto acontece durante o ano todo e 42.135 veículos foram queimados em 2011. De acordo com a polícia, o número de carros incendiados no Réveillon desse ano não evoluiu com relação ao ano anterior.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.