Acessar o conteúdo principal
França/crime

Sósia de Gainsbourg esfaqueia Johnny Haliday cover na França

Os dois sósias costumavam participar de concursos na região e há muitos anos protagonizavam brigas e troca de farpas nos bastidores.
Os dois sósias costumavam participar de concursos na região e há muitos anos protagonizavam brigas e troca de farpas nos bastidores. Foto: Reprodução
Texto por: RFI
2 min

Um sósia do cantor francês Serge Gainsbourg, morto em 1991, está sendo julgado a partir desta sexta-feira no tribunal de Epinal, na região de Vosges, no interior da França, por ter esfaqueado seu vizinho, cover do cantor Johnny Halliday, ícone dos anos 60. O crime aconteceu durante um concurso de sósias em julho de 2011.

Publicidade

O acusado, Denis Colnot, 48 anos, assumiu o ataque, mas disse que "não tinha intenção de matar" Michel P, cover de Johnny Halliday, um dos artistas mais populares da França. Os dois sósias, que costumavam participar de concursos na região, eram rivais, e há muitos anos protagonizavam brigas e troca de farpas nos bastidores. O caso ganhou destaque em vários jornais franceses, incluindo o Le Monde.

O incidente que quase acabou em morte aconteceu em 2011.O sósia de Johnny cortava a grama no condomínio onde ambos moravam, quando ‘Gainsbourg’, irritado, saiu de seu apartamento e esfaqueou o vizinho no pescoço, o atingindo perto da veia carótida.

"Ele estava bêbado, como sempre, mas eu nunca o tinha visto neste estado. Eles se provocaram e eu vi Denis pegar a faca", explicou um vizinho que testemunhou a cena. Segundo ele, Colnot, ou melhor, "Gainsbourg", correu, esfaqueou Michel várias vezes, depois voltou para seu apartamento, onde limpou a faca.

Durante a audiência, "Gainsbourg" explicou que ele não suportava as ‘’humilhações de "Johnny", que se defendeu dizendo que o rival tinha dificuldade em aceitar que sempre perdia os concursos. O veredito deve ser anunciado nesta segunda-feira pela Justiça. Denis Coltot poderá pegar até 30 anos de prisão.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.