Acessar o conteúdo principal
França/Hollande

Presidente francês inaugura museu em clima de protesto em Rodez

O museu Soulages, em Rodez
O museu Soulages, em Rodez AFP PHOTO/ PASCAL PAVANI
Texto por: RFI
2 min

O presidente François Hollande inaugurou nesta sexta-feira (30) em Rodez, no sul da França, um  museu dedicado ao maior pintor vivo francês, Pierre Soulages, de 94 anos, em meio a manifestações de um sindicato agrícola.

Publicidade

O museu reúne mais de 500 obras do artista conhecido mundialmente como um dos ícones da pintura abstrata. Soulages ficou famoso por explorar a cor preta e seus trabalhos refletem sua percepção do contraste entre claro e escuro.

"Pierre Soulages contribui para aumentar a influência da França e sua capacidade de transmitir para o mundo sua cultura e sua confiança no futuro."

No mesmo momento em Hollande discursava, policiais utilizaram bombas de gás lacrimogêneo para manter à distância os manifestantes de um sindicato agrícola, a Confédération Paysanne, que pediam a libertação de quatro de seus membros presos. Eles também fizeram como refém um dos conselheiros do presidente francês, Philippe Vinçon, que já foi liberado.

Obras do artista totalizam mais de € 18 milhões

No ano passado, suas obras vendidas em leilão ao redor do mundo totalizaram mais de € 18 milhões livres de impostos, o equivalente a mais de R$ 55 milhões. Pierre Soulages disse não querer que o museu se transforme em um mausoléu. Por isso, pediu que outros artistas sejam convidados para expor no local.

O museu será aberto ao público hoje a partir das 19 horas até meia-noite e e será gratuito também durante todo o final de semana.


 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.