França/navios

França entregará navios Mistral para a Rússia em novembro

O primeiro porta-helicópteros Mistral para a Rússia deve ser entregue ainda em novembro.
O primeiro porta-helicópteros Mistral para a Rússia deve ser entregue ainda em novembro. AFP PHOTO / KIRILL KUDRYAVTSEV

A França entregará o primeiro navio Mistral para a Rússia no próximo dia 14 de novembro, declarou nesta quarta-feira (29) o vice-primeiro ministro russo Dmitri Rogozine. O segundo exemplar do porta-helicópteros encomendado pelo governo será colocado no mar no mesmo dia.

Publicidade

A empresa Rosoboronexport, encarregada da exportação de armas russas, recebeu um convite para a entrega do Vladivostok em Saint Nazaire, no oeste da França, onde estão atualmente 360 marinheiros russos. O ministro francês da Defesa, Jean-Yves Le Drian, já havia indicado nesta terça-feira que os navios de guerra seriam entregues em novembro.

A venda dos dois navios de guerra para a Rússia foi concluída em junho de 2011, durante o mandato do presidente Nicolas Sarkozy. Orçado em US$ 1,2 bilhão, o negócio foi criticado pela comunidade internacional depois do advento da crise ucraniana, palco de violentos combates entre as forças do governo e os pró-russos.

Os Estados Unidos fizeram duras críticas à França pela venda do navio a Moscou, acusada de ajudar os rebeldes na Ucrânia. O presidente François Hollande chegou a dizer em 16 de outubro que ele condicionava a entrega do Mistral a uma aplicação integral do plano de paz na Ucrânia e a um cessar-fogo entre as forças ucranianas e os separatistas. Mas o cessar-fogo é desrespeitado quase todos os dias pelos protagonistas do conflito.

O Vladivostok efetuou diversos testes nas últimas semanas na costa de Saint-Nazaire. Os dois navios de guerra são polivalentes e podem transportar helicópteros e tanques de guerra.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe todas as notícias internacionais baixando o aplicativo da RFI