França / Imprensa

Jornal denuncia trailers violentos antes de filmes infantis nos cinemas franceses

Trailers de filmes violentos preocupam os pais franceses.
Trailers de filmes violentos preocupam os pais franceses. Wikipedia

O jornal Aujourd'hui en France denuncia na sua edição desta sexta-feira (25) a veiculação de trailers com cenas de violência, antes de filmes destinados ao público infantil no cinema e na televisão.

Publicidade

No cinema multiplex Pathé, na cidade francesa de Montataire (norte), foi projetado o trailer do filme de terror "Premonição", com uma cena em que uma mulher tem a garganta perfurada por um objeto metálico, antes do filme infantil francês "Microbe et Gasoil".

A francesa Selma, entrevistada pela publicação, conta que estava na sessão com o filho de 10 anos e diz que a imagem é chocante e assustadora mesmo para os adultos. E completou: "Imagine para o nosso filho e para as outras crianças", acrescentando que não foi a primeira vez que isso aconteceu.

Pais tomam precauções

O jornal lembra que o mesmo acontece na televisão. Os grandes canais passam comerciais de filmes e séries com imagens violentas durante ou depois de programas para toda a família, entre as 17h e as 20h.

Emilie, mãe de dois meninos, de 5 e 8 anos, diz que eles adoram ver o programa de jogos "Monye Drop". "Uma vez, passou o comercial da série Experts, com a explosão de edifícios e tiroteios. Mudei de canal imediatamente", conta.

A reportagem diz que as regras sobre a exibição de trailer com conteúdos violentos existe, mas não são sempre respeitadas. A solução seria uma maior vigilância, e isso depende da boa vontade dos profissionais de cada setor. Enquanto isso, são os pais que têm tomado precauções. Selma diz que o marido entra primeiro na sala de cinema e, quando os trailers acabam, avisa a mulher, que fica esperando com o filho do lado de fora.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.