Acessar o conteúdo principal

Presidente francês recebe medalhistas olímpicos no Palácio do Eliseu

O boxeador francês medalha de ouro nos Jogos do Rio, Teddy Riner, passa a bandeira francesa ao tenista Michael Jeremiasz, porta-bandeira francês na Paralimpíada, em imagem desta terça-feira, 23 de agosto de 2016.
O boxeador francês medalha de ouro nos Jogos do Rio, Teddy Riner, passa a bandeira francesa ao tenista Michael Jeremiasz, porta-bandeira francês na Paralimpíada, em imagem desta terça-feira, 23 de agosto de 2016. REUTERS/Gonzalo Fuentes
Texto por: RFI
2 min

A delegação olímpica francesa foi recebida nesta terça-feira (23) no Palácio do Eliseu pelo presidente François Hollande, depois de ganhar 42 medalhas nos Jogos Olímpicos do Rio, um recorde desde a Olimpíada de Pequim, em 2008.

Publicidade

A delegação francesa retornou na manhã desta terça-feira (23) do Brasil, em um voo fretado. Os atletas foram aplaudidos por dezenas de simpatizantes em frente do Palácio do Eliseu, sede da presidência francesa, antes de serem recebidos por Hollande.

Muito aguardado pelos fãs, Teddy Riner, medalhista de ouro no judô, exprimiu pela primeira vez a sua "grande emoção ao ser recebido no Eliseu." No final da recepção dos atletas olímpicos, o presidente francês acompanhou o boxeador medalha de ouro Teddy Riner e o tenista paralímpico Michael Jeremiasz durante a passagem da bandeira francesa, nos degraus do Palácio.

Na presença de François Hollande, a bandeira foi entregue ao tenista, que será o porta-bandeira francês durante a cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos do Rio, no dia 7 de setembro.

Grande parte dos medalhistas olímpicos subiram a tradicional escadaria do Palácio do Eliseu, com destaque para as equipes feminina e masculina de handebol, estrelas do atletismo, equitação e judô, precedidos pelos presidentes de suas respectivas federações.

Empunhando uma medalha de prata "magnífica", ganha pela equipe masculina francesa de handebol, Nikola Karabatic afirmou desfrutar “de um momento "excepcional". "Fomos recebidos por fãs no aeroporto, e, em seguida, viemos mostrar a medalha ao presidente. É uma grande ocasião”, afirmou.

"Temos o orgulho de ter representado a França do melhor jeito possível", disse Estelle Mossely, a primeira medalhista de ouro francesa no boxe. "Imaginávamos esse momento, chegar ao Eliseu juntos", completou seu namorado Tony Yoka, que ganhou também o ouro no boxe, na categoria dos super pesados.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.