Acessar o conteúdo principal
Japão/atum

Atum vermelho supera US$ 600 mil no primeiro leilão do ano no Japão

Um atum vermelho foi vendido por mais de 605 mil euros no leilão de Ano Novo no mercado de peixe de Tsukiji, em Tóquio.
Um atum vermelho foi vendido por mais de 605 mil euros no leilão de Ano Novo no mercado de peixe de Tsukiji, em Tóquio. REUTERS/Issei Kato TPX IMAGES OF THE DAY
Texto por: RFI
2 min

O primeiro atum vermelho da temporada 2017, de 212 kg, foi leiloado nesta quinta-feira (5) no famoso mercado de peixes de Tsukiji, em Tóquio, por US$ 636 mil (cerca de R$ 2 milhões), o segundo preço mais alto da história desde o recorde de 2013.

Publicidade

Pelo sexto ano consecutivo, quem comprou foi Kiyoshi Kimura, proprietário da cadeia de restaurantes Sushizanmai. "É caro", limitou-se a comentar. Para o restaurante, se trata de uma grande operação publicitária no tradicional primeiro leilão do ano, uma atração apra o público e a imprensa.

Com esse preço, um sushi de ventre de atum, o chamado "o-toro", deveria custar US$ 85 (R$272) mas os 51 restaurantes de Sushizanmai cobrarão o mesmo preço de sempre, US$ 3,4.

Milhares de pessoas comparecem aos leilões de Tsukiji, onde se abastecem os melhores cozinheiros de Tóquio. Em 2013, um atum vermelho bateu o recorde ao ser vendido por 155,4 milhões de ienes (cerca de US$ 1,3 milhão), também comprado por Kiyoshi Kimura.

Os japoneses são grandes consumidores de atum vermelho, uma espécie ameaçada de extinção por conta da sobrepesca e os especialistas em meio-ambiente recomendam aos fãs de sushi que deixem de consumir esse tipo de peixe.

(Com informações da AFP)

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.