Acessar o conteúdo principal
França

Quase 5 mil receberam ajuda de custo ao serem deportados da França em 2016

O valor da ajuda de custo aumentou após o desmantelamento do acampamentos de migrantes em Calais
O valor da ajuda de custo aumentou após o desmantelamento do acampamentos de migrantes em Calais REUTERS/Philippe Wojazer
Texto por: RFI
2 min

De um total de quase 25 mil expulsos em 2016 na França, pelo menos 4800 migrantes foram enviados de volta para seus países de origem beneficiando de uma ajuda de custo. Os dados foram revelados nesta quarta-feira (18).

Publicidade

A informação foi divulgada quando a Ofii, órgão responsável pelo imigração e integração na França, revelou quantas pessoas beneficiaram do sistema de ajuda de custo para o retorno a seu país de origem. No entanto, o total de migrantes expulsos é bem maior. Quase 25 mil tiveram que deixar o território francês em 2016, forçados ou espontaneamente. Cerca de 12 mil foram deportados acompanhados pela polícia.

Segundo o Ofii, as estatísticas sobre a distribuição da ajuda de curto não são muito diferentes das registradas em 2015. No entanto, em 2016 a presença de afegãos na lista explodiu, com um número vinte vezes maior que no ano anterior.

Se durante muito tempo a ajuda de custo dada aos clandestinos deportados não ultrapassava € 1 mil, ela passou a ser de € 2.500 após o desmantelamento do acampamento de migrantes de Calais. Segundo o governo, a medida visa incitar os ilegais a deixar o país.

Além disso, ainda existe um dispositivo complementar batizado de “ajuda à reinserção”, que pode chegar a € 10 mil dependendo do país de origem do migrante. No ano passado, 1.133 pessoas beneficiaram desse sistema suplementar.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.