Trump/Paris

"Todos amam Paris", diz Hollande a Trump

A torre Eiffel e a basílica do Sagrado Coração (Sacré Coeur), em Paris.
A torre Eiffel e a basílica do Sagrado Coração (Sacré Coeur), em Paris. REUTERS/Charles Platiau

O presidente francês, François Hollande, voltou a responder neste sábado (4) às críticas de seu colega americano Donald Trump sobre a capital francesa, assegurando que "o mundo ama Paris".

Publicidade

"Paris é uma cidade de exceção pela importância de sua população, pela beleza de seu patrimônio, pela diversidade de seus lugares, por sua projeção internacional", afirmou o presidente durante cerimônia em homenagem aos bombeiros da capital.

No final de fevereiro, o presidente americano declarou que "Paris já não é Paris", citando um de seus amigos, de nome Jim, que já não se atrevia a pisar na capital francesa por medo de atentados, em uma defesa de sua política migratória que assinala a França, Suécia e a Europa em geral como lugares pouco seguros devido aos estrangeiros.

Convite para conhecer a França

Um dia depois, o presidente francês, em visita à Disneyland Paris, chegou a oferecer um bilhete do parque de atrações ao líder americano, sem citar o nome de Trump, para que o líder viesse conhecer a França.

"A França está orgulhosa de receber o mundo em Paris, o mundo que sempre vem a ela, fiel à história de Paris, fiel também à cultura que se vive em Paris", acrescentou Hollande. "O mundo ama Paris, ninguém poderá impedir que as pessoas venham e nada poderá deter essa vontade do mundo de estar presente em Paris", concluiu o presidente francês.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.