Acessar o conteúdo principal
Um pulo em Paris

Aumenta o número de maus-tratos contra idosos na França

Áudio 07:54
Casos de maus-tratos de idosos tem aumentado na França.
Casos de maus-tratos de idosos tem aumentado na França. Pixabay
Por: Silvano Mendes
11 min

Um relatório divulgado nesta semana aponta que a França registrou em 2018 um aumento de 13% nos casos de maus-tratos contra os idosos. O estudo é revelado na mesma semana que um cuidador foi preso por agredir uma residente de uma casa de repouso de 98 anos.

Publicidade

Não há estatísticas oficiais sobre o tema, mas, segundo a Federação 3977, uma organização que acolhe denúncias de maus-tratos, 3.556 casos foram registrados em 2018 (400 a mais que em 2017 e mil a mais que em 2016). Segundo o estudo, 73% dos maus-tratos acontecem na própria residência dos idosos e muitas vezes os familiares são os responsáveis.

Os casos mais frequentes são os chamados maus-tratos de ordem psicológica, como ameaças, insultos ou negligência. A violência física representa 16% das denúncias. Mas, segundo a Federação 3977, esse número pode sem bem maior, já que muitos casos não são revelados. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), um em cada dez idosos no mundo seria vítima de maus-tratos.

80% dos idosos franceses vivem em casas de repouso

Mesmo se grande parte dos casos de maus-tratos na França acontecem nas próprias residências das vítimas, a maioria dos idosos do país (80%) vivem em casas de repouso. Eles seriam cerca de 600 mil a procurar essas instituições na velhice, algo habitual na Europa.

A França tem 7.200 entidades que acolhem idosos, a maioria delas públicas. Cerca de 80% dos residentes são mulheres e um terço deles têm mais de 90 anos de idade. Além disso, 80% dos que vivem nessas instituições já perderam boa parte da autonomia, o que exige um número maior de cuidadores e enfermeiros.

Cuidador chutava velhinha de 98 anos

Muitos casos de maus-tratos e até mesmo de violência também são registrados nessas instituições. Nesta sexta-feira (15), um cuidador de 57 anos foi preso na região parisiense após ter sido surpreendido agredindo uma senhora de 98 anos.

O funcionário foi desmascarado pelos familiares da idosa que, desconfiados, haviam instalado câmeras escondidas no quarto da avó. As imagens registradas mostraram o cuidador chutando a velhinha, dando tapas no seu rosto, puxando seus cabelos e a insultando. O homem foi preso imediatamente e será julgado, com risco de pena severa de prisão.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.