Agnès Varda/homenagem

Cinema presta última homenagem à cineasta Agnès Varda

Agnès Varda, cineasta belga radicada na França, faleceu aos 90 anos sexta-feira (29).
Agnès Varda, cineasta belga radicada na França, faleceu aos 90 anos sexta-feira (29). John MACDOUGALL / AFP

Personalidades do mundo do cinema e admiradores se reuniram em Paris nesta terça-feira (2) para prestar homenagem à cineasta Agnès Varda, que morreu na sexta-feira (29), aos 90 anos. O enterro acontece nesta tarde.

Publicidade

Cerca de 650 pessoas compareceram pela manhã na Cinemateca Francesa para uma cerimônia dedicada à artista, uma das precursoras da Nouvelle Vague, nascida em Ixelles, Bélgica, em 30 de maio de 1928,

Entre os presentes, além de seus filhos Mathieu Demy e Rosaly Varda Demy, estavam a atriz e cantora franco-britânica Jane Birkin, que foi tema do filme “Jane B. par Agnès V.”, a atriz Sandrine Bonnaire, que foi o personagem principal de “Sans toi ni loi”, o artista JR, com quem Agnès dirigiu em parceira um de seus últimos documentários, “Visages, Villages”.

Também marcaram presença os atores Guillaume Canet e Laetitia Casta, o ministro da Cultura Franck Riester, a secretária de Estado Marlène Schiappa, o delegado geral do Festival de Cannes, Thierry Frémaux, e o ex-ministro da Cultura Jack Lang.

A homenagem na Cinemateca por volta de 11h (6h em Brasília), com a difusão de alguns minutos de seu filme emblemático, “Cléo de 5 às 7” (1962).

Filmando com intuição

Quase uma intrusa em um mundo masculino, Varda estreou no cinema com “La Pointe Courte”, de 1954, com Philippe Noiret no papel principal. Um filme intuitivo, pois ela não tinha formação de cinema, mas de fotografia, arte, literatura e psicologia.

Varda foi recompensada com o Leão de Ouro, em Veneza, por “Sans toi ni loi”, e um César francês de melhor documentário por “Les Plages d’Agnès”. A carreira de mais de seis décadas também recebeu prêmios especiais, como a Palma de honra, em Cannes, em 2015, um Oscar honorário em 2017 e a Câmera da Berlinale, em fevereiro deste ano.  

Projeções na praia

Ainda nesta terça-feira, a cidade de Sète, com locais emblemáticos que inspiraram a diretora, organiza outra homenagem durante o dia todo e noite adentro, com projeções de filmes de Varda. “La Pointe Courte”, por exemplo, vai ser projetado no mesmo bairro de pescadores onde foi filmado. O autobiográfico “As praias de Agnès” terá como tela uma praia da região.

O enterro de Agnès Varda acontece às 14h (9h de Brasília), no cemitério de Montparnasse, em Paris.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.