Acessar o conteúdo principal

Pelé recebe visita de Neymar em hospital parisiense

Neymar durante visita ao Rei Pelé em hospital parisiense.
Neymar durante visita ao Rei Pelé em hospital parisiense. Instagram
3 min

Neymar visitou Pelé no Hospital Americano, na região parisiense, onde o Rei do futebol está internado para tratamento de uma infecção urinária. O craque do PSG postou a foto em sua rede social na noite desta segunda-feira (8).

Publicidade

Na foto, é possível ver Neymar sentado ao lado da cama e apertando a mão de um sorridente Pelé, que está deitado com roupas casuais em seu quarto de hospital.

Em apenas uma hora, a postagem alcançou mais de um milhão de curtidas. Nos comentários, os fãs celebram o encontro de duas lendas do esporte.

“Sua visita ao Rei é um golaço”, escreveu um internauta. “Dois maiores ídolos de uma nação…foto pesada”, escreveu outro seguidor de Neymar.

Voir cette publication sur Instagram

Rei 👑 @pele

Une publication partagée par EneJota 🇧🇷 👻 neymarjr (@neymarjr) le

Segundo a assessoria de Pelé, o ex-jogador fez novos exames médicos no domingo (7) e passaria mais uma noite no hospital "por precaução".

"Não queremos correr riscos e não estamos com pressa. As decisões são tomadas no dia a dia com os médicos e há um máximo de precauções até que ele deixe o hospital", informou sua assessoria à agência AFP.

Não há previsão de alta para o ex-jogador. Pelé, de 78 anos, está internado desde a última quarta-feira (4). Ele passou mal depois do jantar na noite anterior com o atacante francês do Paris Saint-Germain, Kylian Mbappé, após os dois terem participado de um evento comercial.

No dia seguinte, a assessoria de Pelé rapidamente publicou um comunicado explicando que o problema de saúde da lenda do futebol estava "sob controle", sendo tratado com antibióticos e que o ex-jogador precisava de "um ou dois dias" no hospital antes de realizar "uma longa viagem" de volta ao Brasil.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962, 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos. O jogador tem sido visto em público em cadeiras de rodas ou precisando de um andador e, em 2016, não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida do astro em novembro de 2014, quando Pelé foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.