Espionagem do Le Monde causa indignação na mídia francesa

Capa do jornal Liberation
Capa do jornal Liberation liberation.fr

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, enfrenta o pior momento de seu mandato. A imprensa denuncia abusos do chefe de Estado para defender seus interesses políticos.

Publicidade

Le Monde espionado pelo Palácio do Eliseu? O título, na primeira página do jornal de esquerda Libération, remete o leitor a duas páginas internas que complementam as informações sobre o escândalo envolvendo o ministro do Trabalho francês, Eric Woerth, a milionária Liliane Bettencourt, herdeira do grupo de cosméticos L'Oréal, e o presidente Nicolas Sarkozy. Libération afirma que as revelações se aproximam cada vez mais do presidente francês, acusado pelo Le Monde de usar o serviço secreto para proteger seus interesses políticos.

Libération informa que o funcionário do Ministério da Justiça David Sénat, apontado como o informante do Le Monde sobre o caso Woerth-Bettencourt, era uma presa fácil. Quando o equivalente do FBI francês apontou Sénat como fonte de informação do Le Monde, o alto funcionário foi punido com uma transferência para a Guiana Francesa.

Curiosamente, o jornal conservador Le Figaro, defensor das políticas de Nicolas Sarkozy, não faz nenhuma menção ao caso em sua edição impressa. Le Figaro destaca em manchete um debate atual no setor da educação. Para melhorar o desempenho na escola, não seria melhor separar os meninos das meninas? Segundo Le Figaro, outros países desenvolvidos estão fazendo essa experiência com sucesso.

Le Parisien publica os resultados de uma pesquisa à corrida presidencial francesa de 2012. E a surpresa é que o ex-premiê Dominique de Villepin, arquirival de Sarkozy, empatou na prefrência do eleitorado de direita com o presidente francês. De acordo com a pesquisa, 15% dos franceses querem que Sarkozy concorra a um segundo mandato, mesmo percentual obtido por Villepin. Atrás, com 13% da preferência do eleitorado de direita, vem o atual primeiro-ministro François Fillon.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.