Maior risco para o Brasil é uma dose excessiva de autosatisfação, afirma jornal francês.

"A nova arrogância do Brasil" é o título de um editorial publicado hoje pelo jornal francês Les Echos. No artigo, o corresponde do jornal em São Paulo, Thierry Ogier, pondera a euforia criada no país pelo aumento do poder aquisitivo, diminuição de desemprego e crescimento econômico brasileiro.

Publicidade

A mensagem é de que, se é certo que o Brasil vai de vento em polpa, também é preciso uma certa dose de cautela e moderação. O editorial afirma que o maior perigo hoje para o país é uma dose excessiva de "autosatisfação."

Para o Les Echos, o Brasil não deve minimizar os riscos de um crescimento econômico desequilibrado, marcado por indicadores que podem degringolar, como a Inflação, o déficit no orçamento ou, ainda, o déficit na balança de contas correntes.

Outro problema, nos últimos meses, o governo brasileiro começou a realizar "operações contábeis criativas, para não falar de manipulação pura e simples3, acusa o jornal, com o objetivo de esconder a realidade sobre o orçamento. O Brasil também deve reduzir sua dependência às exportações de matérias-primas e dar prioridade a projetos como melhoria da eduação.

Outros destaques

Outros assuntos são destaque dos principais jornais franceses desta quarta-feira. O jornal de tendência socialista Libération se interessa pela lucro das empresas cotadas na bolsa de Paris e faz um balanço dos resutlados financeiros das maiores empresas do país.

O resultado, segundo o Libê, é que elas prosperam às custas dos empregados. Em 5 anos, as maiores empresas francesas destruíram 39.400 empregos, apesar de acumular lucros e milhares de euros em ajuda do governo.

Em seu editorial, o jornal é contundente e afirma "morte ao CAC 40", em referência ao índice da bolsa de Paris. O paradoxo ilustra, segundo o Libê, a estratégia do lucro a qualquer preço.

O jornal econômico Les Echos dá destaque para a reforma da previdência do presidente Sarkozy. A lei foi promulgada hoje e passa de 60 para 62 anos a idade mínima legal para a aposentadoria na França.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.