Fato em Foco

Ataque da Coreia do Norte visa garantir sucessão de Kim Jong-il

Áudio 05:00
Foto da televisão sul-coreana mostra ataque da Coreia do Norte.
Foto da televisão sul-coreana mostra ataque da Coreia do Norte. AFP PHOTO/KBS OFF TV

O ataque da Coreia do Norte contra a Coreia do Sul não está dissociado da recente descoberta feita por um cientista norte-americano de uma nova e sofisticada usina nuclear na Coreia do Norte. Essa é a opinião dos analistas políticos Gunther Rudzit, formado em segurança internacional pela Georgetown University, e Gamaliel Perruci, especialista em geopolítica pela Marietta College, ambas nos Estados Unidos. Para os analistas, a descoberta e o confronto que está provocando tensões na comunidade internacional fazem parte de uma ação planejada pelo governo norte-coreano para assegurar a sucessão de Kim Jong-il por seu filho Kim Jong-un, que não tem apoio total e irrestrito de parte da cúpula do partido comunista nem das forças armadas norte-coreanas. Por esta razão, a possibilidade de uma guerra contra a Coreia do Sul permitiria ao governo norte-coreano mostrar ao povo que a linha sucessória Kim continua a defender os interesses do país.