Informática e pirataria na internet em destaque na imprensa francesa

Assuntos variados são destaque na imprensa francesa desta segunda-feira.
Assuntos variados são destaque na imprensa francesa desta segunda-feira. RFI

Dos imóveis do ex-ditador da Tunísia em Paris à pirataria dos franceses na Internet, passando pelos carregamentos de aplicações no IPhone, os jornais de hoje se interessaram por diversos assuntos.

Publicidade

Libération, de esquerda, fala das propriedades do ex-ditador da Tunísia, Ben Ali, em Paris. O jornal mostra as fotos de imóveis de luxo situados nos bairros mais caros da capital; dois nas proximidades da Torre Eiffel e um terceiro perto da avenida Champs Elysées. Um palacete foi dado de presente à filha de Ben Ali, Nesrine, e seu marido. Um outro apartamento suntuoso era palco de festas milionárias dadas pelos irmãos Mabrouk, donos do grupo familiar que atuava nos setores automotivo, da telefonia e de supermercados. Um terceiro imóvel de um parente da mulher do ex-ditador também foi fotografado, com a Torre Eiffel logo atrás. O jornal lembra que a justiça tunisiana e as autoridades francesas estão em busca de bens adquiridos pelo clã Ali, através do desvio de fundos públicos.

Ainda sobre a Tunísia, o católico La Croix observa que os tunisianos aspiram a uma mudança profunda e que, na euforia da liberdade de expressão, o povo quer afastar todos os riscos que possam confiscar o movimento de transição rumo à democracia.

Le Figaro, de direita, comenta que metade dos franceses pirateiam na internet. A conclusão é de um estudo oficial que aponta que os piratas são homens, em sua maioria, e não apenas adolescents e jovens adultos, mas também quarentões consumidores de bens culturais. Músicas, filmes e seriados de TV são os produtos mais cobiçados pelos piratas.

E falando em Internet, o tablóide popular Le Parisien informa o número de aplicativos da App Store para IPhone e IPad baixados no mundo:10 bilhões! Uma revolução que muda completamente os hábitos dos usuários da internet.Um especialista entrevistado analisa que os aplicativos já substituem praticamente os PCs.

Encerramos nossa leitura com o diário comunista L'Humanité, que aborda a implicação das autoridades do Kosovo em um terrível tráfico de órgãos. O Conselho da Europa está investigando as denúncias de que prisioneiros teriam sido amputados quando a província estava sob supervisão internacional.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.